China supera EUA e é maior parceiro comercial da União Europeia

Recuperação de economia chinesa pode ser responsável pelo volume

A China ultrapassou os Estados Unidos em trocas comerciais com a União Europeia no terceiro trimestre deste ano, segundo o Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat). O número coloca o país asiático como principal parceiro do bloco econômico.

Durante os nove primeiros meses de 2020, as trocas entre UE e China bateram 425,5 bilhões de euros, superando os 412,5 bilhões entre o país norte-americano e a UE. Os valores de 2019 chegaram a 413,4 bilhões e 461 bilhões de euros, respectivamente.

Dados do Eurostat revelam que as importações cresceram 4,5% em relação ao último ano, enquanto as exportações para a China se mantiveram. No mesmo período, o comércio com os Estados Unidos caiu tanto nas importações (-11,4%), quanto nas exportações (-10%).

Os números podem ser explicados pela pandemia de Covid-19 e a rápida recuperação chinesa. Em outubro, a Organização Mundial do Comércio declarou que a China foi responsável por 44% das exportações de equipamentos de proteção individual nos seis primeiros meses de 2020.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.