China substitui 60% de seus ônibus movidos a combustíveis fósseis

Esforços fazem parte de uma modernização do sistema de transporte

A China já substituiu 60% da sua frota de ônibus por modelos elétricos, como parte do esforço de modernização do sistema de transporte pela adoção de veículos movidos a energia limpa e renovável. A informação divulgada pelo Ministério da Ecologia e Meio Ambiente, faz parte do voto solene feito ao mundo em resposta às mudanças climáticas durante o período do 13º Plano Quinquenal (2016-2020).

No mês passado, as vendas de veículos de energia limpa subiram 67,7%, um total de 138 mil unidades, colocando a China como responsável por 55% das vendas globais do setor, sendo a nação com a maior frota de veículos desse tipo do mundo.

No início de outubro, visando atender a demanda crescente, o Conselho de Estado aprovou um plano para impulsionar a indústria de veículos de nova energia em que destacou esforços para lidar com tecnologias vitais, construir infraestrutura como as instalações de recarga, e fortalecer a cooperação internacional.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.