China solicita sugestões de nome para Observatório Solar Avançado

Satélite está programado para ser lançado ao espaço em outubro

Créditos: Observatório da Montanha Roxa da Academia Chinesa de Ciências

A China começou, nesta segunda-feira, a solicitar sugestões para um nome chinês de sua primeira sonda solar, o Advanced Space-based Solar Observatory (ASO-S, ou Observatório Solar Avançado Baseado no Espaço), de acordo com o Centro Nacional de Ciência Espacial da Academia Chinesa de Ciências.

O satélite está programado para ser lançado ao espaço em outubro. Entre 11 e 24 de julho, os internautas são convidados a sugerir um nome para a sonda que reflita sua função, ao mesmo tempo em que indique o espírito de exploração científica e autoconfiança cultural da China.

O aparelho, que foi projetado para ter uma vida útil de quatro anos, realizará observações sobre o campo magnético solar, erupções solares e ejeção de massa coronal, para suportar a previsão de clima espacial catastrófico.

Ele implantará três cargas, incluindo Magnetômetro de Vetor de Disco Completo, Gerador de Imagens de Raio-X Duro e Telescópio Solar Lyman-alfa.

Depois de entrar em órbita, o satélite gerará cerca de 500GB de dados por dia, todos os quais serão disponibilizados para usuários em todo o mundo.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.