China revela listas dos principais avanços científicos globais em 2021

Primeiros robôs com a capacidade de reprodução lideram ranking mundial

A China divulgou suas listas dos 10 maiores avanços científicos no país e no mundo em 2021, selecionados por membros da Academia Chinesa de Ciências (ACC) e membros da Academia Chinesa de Engenharia (ACE).

Entre os avanços listados, destaca-se o progresso do país em sua primeira tarefa de exploração de Marte. A Administração Espacial Nacional divulgou novas imagens obtidas pelo primeiro explorador de Marte do país Zhurong, incluindo o panorama do local de pouso, a paisagem marciana e uma “selfie” do explorador, demonstrando o sucesso completo da primeira missão chinesa do planeta vermelho.

Outros avanços incluem a estadia de longo prazo na estação espacial da China, sintetização de amido a partir do dióxido de carbono, as amostras lunares trazidas de volta pela missão Chang’e-5, a rota para a nova domesticação do arroz alotetraploide selvagem, assim como a prevenção e o controle da praga agrícola Bemisia tabaci.

No topo da lista dos dez maiores avanços científicos do mundo está o desenvolvimento dos primeiros robôs vivos com a capacidade de reprodução. As máquinas vivas de tamanho milimétrico, chamadas Xenobots 3.0, não são nem robôs tradicionais nem uma espécie de animal, mas organismos vivos e programáveis.

Outros avanços notáveis incluem pesquisas sobre a previsão precisa das estruturas proteicas, uma técnica de engenharia genética para doenças, usando células-tronco pluripotentes humanas para cultivar modelos de coração do tamanho de sementes de gergelim, e a recriação das primeiras estruturas do embrião humano a partir de células-tronco.

Trata-se da 28ª edição dos dez principais avanços científicos na China e no mundo selecionados pela ACC e ACE, ajudando na popularização dos mais recentes desenvolvimentos científicos e tecnológicos no país e no exterior.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.