China punirá severamente uso de menores no crime organizado

Organizações mafiosas costumam forçar jovens a se entregar no lugar de membros culpados por crimes

A China criou novas normas para proteger os direitos e os interesses legais de menores. Nas diretrizes, foram estabelecidas punições severas para organizações mafiosas e grupos criminosos que usam menores para cometer crimes, numa tentativa de fugir da justiça.

Os menores de idade costumam ser induzidos a ingressar em organizações mafiosas e grupos criminosos e forçados a se entregar no lugar de outros membros depois que os crimes são cometidos.

Segundo Wan Chun, funcionário da Suprema Procuradoria Popular, o número de delinquentes juvenis envolvidos no crime organizado tem aumentado ano a ano na China, embora sua proporção permaneça pequena.

Entre janeiro de 2018 e março de 2020, as procuradorias no país inteiro aprovaram a prisão de 135.865 pessoas envolvidas em 46.173 casos de crimes organizados, dos quais 3.841 eram menores de idade.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.