China publica dados lunares coletados pela sonda Chang’e-5

Banco de informação está disponível online para pesquisadores e público geral

A agência espacial da China divulgou um banco de dados online do primeiro lote de amostras lunares trazidas pela sonda Chang’e-5.

Pesquisadores e o público geral podem acessar o Sistema de Divulgação para Dados Científicos e Amostras de Exploração Lunar e do Espaço Profundo através do site www.clep.org.cn, onde podem solicitar dados e amostras.

A sonda Chang’e-5, que retornou à Terra em 17 de dezembro de 2020, trouxe 1.731 gramas de amostras, principalmente rochas e solo da superfície lunar.

De acordo com os regulamentos de gerenciamento de amostras na China, os exemplares serão usados para quatro propósitos: armazenamento permanente, armazenamento de reserva, pesquisa e bem-estar público.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.