China publica dados de pesquisa de oito anos realizada por telescópio

Estudos iniciados em 2012 são essenciais para entender formação da Via Láctea

A China divulgou os resultados de uma pesquisa realizada durante oito anos com o Telescópio Espectroscópico de Fibra de Multi-Objeto da Grande Área do Céu (Lamost, na sigla em inglês).

Os estudos apresentam dados essenciais para o entendimento da estrutura, formação e evolução da Via Láctea, de acordo com um comunicado dos Observatórios Astronômicos Nacionais da Academia Chinesa de Ciências.

Os resultados ainda poderão contribuir para astrônomos na busca por corpos celestes estranhos e densos, no estudo da física estelar e exploração do universo longínquo.

A construção do Lamost foi finalizada em 2008. As pesquisas regulares no telescópio iniciaram em 2012 e foram concluídas em junho de 2020.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.