China priorizará pequenas empresas em reembolsos de impostos, diz premiê Li

País reduziu arrecadação em 8,7 trilhões de yuans desde 2013

Créditos: Xinhua/Li Xin

A China dará prioridade às pequenas e microempresas em seus reembolsos de impostos para ajudá-las a enfrentarem as dificuldades, garantiu o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, nesta sexta-feira.

Pequenas e microempresas cobrem uma ampla esfera de setores, ajudando a criar um grande número de oportunidades de emprego, disse Li, enfatizando que muitas delas estão com dificuldades financeiras.

O objetivo do país é reembolsar todos os créditos de imposto sobre valor agregado (IVA) a essas empresas até o final de junho e concluir o reembolso para setores-chave, como manufatura e serviços intensivos em P&D, até 2022, disse Li.

Desde o lançamento da reforma do IVA em 2013, a China reduziu os impostos em 8,7 trilhões de yuans (US$ 137,4 bilhões), informou Li. As empresas se beneficiaram dos reembolsos e cortes tributários, que ajudam a criar novas fontes de receita tributária e cultivar entidades de mercado, acrescentou.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.