China pretende lançar dois novos satélites meteorológicos em 2021

Um dos equipamentos desenvolvidos será o primeiro do mundo em órbita síncrona ao sol

A China revelou ter planos de lançar mais dois satélites meteorológicos no ano que vem. O país tem desenvolvido seu próprio sistema desta categoria de satélites, já tendo levado um total de 17 em órbita.

Um dos satélites meteorológicos, batizado de Fengyun-3E, será o primeiro do mundo em órbita síncrona ao sol. Isso significa que a tecnologia nunca entra na sombra da Terra, podendo fazer uso constante de seus painéis solares.

O outro satélite é o Fengyun-4B, que marcará uma atualização dos satélites meteorológicos da China em órbita geoestacionária.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.