China pretende “descarbonizar” economia e alerta agronegócio brasileiro

País está disposto a pagar mais caro por carne “carbono neutro”

A China tem planos para “descarbonizar” as atividades do país e, por isso, vai passar a exigir práticas mais sustentáveis dos seus fornecedores de carne.

“Queremos continuar a importar do Brasil, mas estamos atentos às emissões de carbono”, disse Shenggen Fan, professor da China Agricultural University, em seminário virtual realizado na última semana. 

Fan também afirmou que a China está disposta a pagar mais caro pela carne “carbono neutro” e sugeriu que o Brasil invista em marketing para mostrar ao consumidor asiático a sustentabilidade do produto. “Os chineses estão ávidos por dieta saudável e sustentável e vocês têm de mostrar isso”, disse.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.