China possuirá 2 milhões de estações-base 5G até final de 2022

País asiático já conta com mais de 500 milhões de usuários de 5G

Créditos: Xinhua/Wang Quanchao

A China trabalhará para garantir que o número de estações-base 5G atinja 2 milhões este ano, informou Xiao Yaqing, ministro da Indústria e Informatização, nesta terça-feira.

Atualmente, o país tem cerca de 1,43 milhão de estações-base e mais de 500 milhões de usuários de 5G, disse Xiao a jornalistas à margem das duas sessões em andamento, acrescentando que o país também fará planos para desenvolver a tecnologia 6G.

Quando perguntado sobre o desempenho atual da indústria da China, Xiao expressou confiança na estabilidade ao listar desafios futuros, incluindo o aumento dos preços de matérias-primas, a logística afetada pela Covid-19 e as mudanças no ambiente externo.

Segundo ele, o país trabalhará para facilitar as cadeias de suprimentos e industrial, além de impulsionar a transição para a manufatura de médio e alto padrão. Mais esforços serão feitos para nutrir pequenas e médias empresas, especialmente aquelas especializadas em um nicho de mercado e com tecnologias de ponta, acrescentou.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.