China pode ter papel relevante na paz no Afeganistão, diz embaixador

País asiático tem oferecido ajuda para conciliar negociações internas

A China pode desempenhar um importante papel no processo de paz do Afeganistão, disse Javid Ahmad Qaem, embaixador afegão na China, em uma coletiva de imprensa em Pequim na terça-feira.

Em uma conversa em maio com Hamdullah Mohib, conselheiro de segurança nacional do presidente afegão, o ministro das Relações Exteriores chinês, Wang Yi, disse que a China está pronta para facilitar as negociações internas, incluindo a criação de condições necessárias para as negociações no país asiático.

O embaixador disse que o Afeganistão aprecia a oferta da China. Sobre a retirada das forças de Washington no Afeganistão até setembro de 2021, o embaixador disse que o governo respeita a decisão americana. “Somos capazes de defender nosso país e nosso povo”, afirmou. “Mas manteremos as portas abertas para conversações”.

Além disso, o embaixador informou que o Afeganistão está registrando mais de 900 novos casos de Covid-19 todos os dias. O governo está trabalhando em estreita colaboração com as autoridades chinesas para transportar 700 mil doses de vacinas doadas, disse o embaixador.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.