China planeja sistema de seguro saúde que abranja toda a população

Uma nova série de reformas deverá aprimorar o atual sistema básico de seguro médico, permitindo que toda a população do país tenha acesso a assistência médica de qualidade

A China irá acelerar o estabelecimento de um sistema de seguro saúde que cubra toda a sua população por meio de uma nova rodada de reformas. Essas reformas deverão otimizar o atual sistema básico de seguro médico, que cobre 95% dos 1,4 bilhões de chineses, além de complementá-lo com outras formas de segurança médica, com seguros de saúde comerciais, um sistema de assistência médica e doações médicas, pelo que disse Zheng Gongcheng, diretor da Associação de Seguridade Social da China.

Os mecanismos de segurança e assistência médica para as doenças mais prevalentes e graves estarão sujeitos a ajustes e melhorias, pelo que disse a Administração Nacional de Segurança Médica. Segundo Zheng, a tarefa central dessa nova rodada de reformas é tornar o desenvolvimento do seguro de saúde mais equilibrado e suficiente, além de abordar e solucionar os obstáculos institucionais.

Uma reunião do Comitê Central do PCCh para o aprofundamento de uma reforma abrangente, que foi realizada em novembro de 2019, analisou e aprovou um documento relacionado à reforma do sistema de seguro médico, que exige esforços para acelerar a construção de um sistema de seguro médico sustentável e multinível que cubra toda a população nacional, sem distinção entre os habitantes do campo e da cidade.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.