China planeja lançar 10 satélites Beidou em 2019

A informação foi divulgada no lançamento de um livro azul que apresentou dados sobre a evolução rede BDS na China

Dez satélites se incorporarão ao sistema de navegação via satélite Beidou (BDS, na sigla em inglês) ainda esse ano por meio de sete novos lançamentos, pelo que afirmou a Corporação de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China. Shang Zhi, diretor do Departamento Espacial da corporação, afirmou que os lançamentos irão ajudar a completar a rede BDS global em 2020, durante uma coletiva de imprensa em que o Livro Azul das Atividades de Ciência e Tecnologia Aeroespacial da China.

Segundo o documento, foram lançados 18 satélites Beidou em 2018 para completar o sistema primário do BDS-3, e o sistema de navegação começou a oferecer serviços globais. O BDS foi uma conquista importante durante os últimos 40 anos de reforma e abertura e tem sido amplamente usado para servir ao desenvolvimento econômico da China. O livro azul ainda informa que, na província de Zhejiang, o sistema de monitoramento de movimento de embarcações BDS foi instalado em mais de 6 mil barcos pesqueiros, o que ajuda a melhorar a sua precisão de posicionamento e velocidade.

Aproximadamente 6,17 milhões de vínculos, 35 mil veículos de entrega postal e expressa e 80 mil ônibus em 36 grandes cidades do país também receberam o BDS ou são compatíveis com ele, sendo que o sistema ainda é usado em aeronaves civis de fabricação nacional. Os correios da China equiparam seus veículos postais com 30 mil terminais de BDS e os conectaram à plataforma de gestão de informações com base no BDS. O gigante do comércio eletrônico JD.com também equipou 1.500 veículos de logística e 2 mil mensageiros com terminais BDS inteligentes, segundo o livro azul.

O BDS também é amplamente usado na produção agrícola da China, sendo que em todo o país tem sido aplicado em larga escala um sistema de condução autônoma para veículos agrícolas. Além disso, a plataforma de monitoramento agrícola baseada no sistema de navegação já prestou serviços para mais de 50 mil máquinas e instalações agrícolas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.