China planeja fechar mais minas de carvão

Os planos do país envolvem encerrar diversas minas de carvão de pequeno porte que não atendem aos padrões de segurança

A China tem como meta fechar mais minas de carvão de pequeno porte, com capacidade anual abaixo das 300 mil ton, fazendo com que até 2021 seu número seja menor que 800. De acordo com um documento divulgado pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma, essa medida está sendo tomada devido às preocupações com a segurança. Além de fechar as minas que não atendem aos padrões de segurança e as normas ambientais, as autoridades irão incentivar as minas que tem recursos abundantes e altos padrões de segurança a elevar as suas capacidades.

Para resolver problemas como o excesso de oferta e os registros de segurança falhos, o governo chinês controlou com rigor a nova capacidade da indústria de carvão nos últimos anos, tendo suspendido a aprovação de novas minas de carvão, a menos que certa capacidade obsoleta fosse desativada conforme os requisitos. Segundo o documento, as autoridades manterão o plano de substituição de capacidade para poder aprovar de maneira estratégica a construção de minas com capacidades avançadas.

Dados anteriores da Associação Nacional de Carvão da China mostraram que o número de minas do país foi reduzido drasticamente, chegando a 5.800 no final de 2018. A capacidade de produção média, no entanto, subiu para aproximadamente 920 mil ton por ano.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.