China pede que mundo apoie OMS no combate à COVID-19

Porta-voz chinês também solicitou que países se posicionem contra boatos e discriminações

Nesta segunda-feira, o diretor da Comissão Nacional da Saúde da China, Ma Xiaowei, discursou na 73ª sessão da Assembleia Mundial da Saúde.

O chefe da delegação chinesa na assembleia pediu por unidade e coerência no mundo, bem como o apoio ao papel fundamental da Organização Mundial da Saúde (OMS) na prevenção e controle da COVID-19.

Ele também pediu aos países que se posicionem firmemente contra boatos, estigmatização e discriminação e ajudem conjuntamente países com sistemas de saúde mais frágeis a melhorar suas capacidades de resposta à COVID-19.

“Certamente prevaleceremos sobre a pandemia se a comunidade internacional estiver unida”, disse Ma.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.