China não reconhece mais passaporte especial britânico para cidadãos de Hong Kong

Recentemente, o Reino Unido disse que aceitaria pedidos de cidadania de moradores do território chinês

A China não reconhece mais o passaporte British National Overseas (BNO) como documento de viagem e de identidade emitido para residentes de Hong Kong, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Zhao Lijian, na última semana.

O governo do Reino Unido anunciou, recentemente, que começará a aceitar pedidos de cidadania para moradores do território elegíveis para passaporte BNO a partir deste domingo.

Zhao disse que, ignorando o fato de Hong Kong ter sido devolvida à China há 24 anos e a posição chinesa, o país europeu violou seu compromisso e insistiu em emitir a “política sob medida” para os residentes do local se naturalizarem britânicos.

Segundo o porta-voz, a atitude do Reino Unido, em uma tentativa de transformar as pessoas de Hong Kong em britânicos de segunda classe, mudou completamente a natureza original do BNO acordada entre os dois países.

“Isto violou seriamente a soberania chinesa, interferiu grosseiramente nos assuntos internos de Hong Kong e da China e violou gravemente o direito internacional e as normas básicas que regem as relações internacionais”, comentou Zhao, expressando a forte indignação do país e firme oposição ao movimento do lado britânico.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.