China melhorará tratamento de lixo urbano

Transporte de dejetos domésticos deverá chegar a 700 mil toneladas em cinco anos

A China pretende melhorar a classificação e utilização do lixo domiciliar nas áreas urbanas nos próximos cinco anos.

O país tem como meta aumentar a taxa de utilização dos dejetos para cerca de 60% até o final de 2025, conforme um plano divulgado conjuntamente pela Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma e pelo Ministério da Habitação e do Desenvolvimento Urbano e Rural.

Com os novos objetivos, a capacidade da China de classificação, coleta e transporte de lixo doméstico deverá chegar a cerca de 700 mil toneladas por dia. O limite de tratamento do lixo domiciliar urbano do país através da incineração ainda deverá ser de 800 mil toneladas diárias, segundo o documento.

Para este fim, serão feitos esforços para melhorar o sistema de separação do lixo e as instalações de tratamento de resíduos de cozinha. Também terão esforços para regular a construção de aterros sanitários e melhorar as instalações de utilização de recursos recicláveis.

 

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.