China manifesta oposição à venda planejada de drones dos EUA para Taiwan

Ministério das Relações Exteriores avalia que ação “mina seriamente soberania e interesses de segurança da China”

O Ministério das Relações Exteriores da China manifestou oposição ao plano aprovado pelo Departamento de Estado dos EUA para vender drones MQ-9B para Taiwan, no valor de US$600 milhões.

“As vendas minam seriamente a soberania e interesses de segurança da China, as relações China-EUA, bem como a paz e estabilidade através do Estreito de Taiwan”, disse Wang Wenbin, porta-voz da pasta.

“A China tomará reações legítimas e necessárias para salvaguardar firmemente a soberania nacional e os interesses de segurança”, acrescentou Wang.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.