China lista 100 principais descobertas arqueológicas do século passado

Anúncio comemora o 100º aniversário da arqueologia moderna no país

A China revelou as 100 principais descobertas arqueológicas do século passado, enquanto o país celebra o 100º aniversário da arqueologia moderna, informou o China Daily na terça-feira.

As descobertas foram divulgadas pela Administração Estatal de Patrimônio Cultural (AEPC) na cerimônia de abertura do terceiro Congresso de Arqueologia na cidade de Sanmenxia, Província de Henan, no centro da China.

A escavação do sítio de Yangshao na cidade começou em outubro de 1921, marcando o início da arqueologia moderna no país. A Cultura Yangshao, amplamente conhecida por sua avançada tecnologia de fabricação de cerâmica, originou-se nos cursos médios do rio Amarelo e é considerada um importante ramo da civilização chinesa.

O sítio de Zhoukoudian, nos subúrbios de Pequim, as Ruínas de Sanxingdui, na Província de Sichuan, e o mausoléu do imperador Qinshihuang, na Província de Shaanxi, também foram incluídos na lista.

Ao discursar na conferência, Song Xinchao, vice-diretor da AEPC, prometeu que a administração melhorará as condições de trabalho dos arqueólogos e cooperará com as universidades para treinar mais especialistas para cargos onde eles são urgentemente necessários, de acordo com o jornal.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.