China lança diretriz estimulando consumo de produtos feitos em áreas pobres

O país oferecerá incentivos para instituições que consumirem mercadorias e serviços fornecidos por pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza

A China emitiu uma diretriz através de seu Conselho de Estado para estimular o consumo de produtos e serviços fornecidos por pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza, como forma de aumentar o rendimento dessa população. O país oferecerá incentivos para instituições públicas e privadas que comprarem mercadorias produzidas nas regiões mais pobres do país, e expandirá os canais de venda de produtos agrícolas nessas áreas.

A qualidade das mercadorias produzidas nessas áreas será fortalecida e a infraestrutura local será aprimorada para que o turismo local possa ser mais desenvolvido, de acordo com a diretriz. Além disso, os mecanismos para encorajar as pessoas com necessidades financeiras a participarem das vendas de produtos e serviços serão melhorados.

A luta contra a pobreza é uma das “três duras batalhas” que a China deve vencer para construir uma sociedade moderadamente próspera em todos os aspectos até 2020. Para isso, o país ainda precisa tirar mais 30 milhões de residentes rurais dessa situação.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.