China irá intensificar combate ao crime organizado

Maior fiscalização e oposição enérgica estão entre as estratégias do país para avançar na luta contra a criminalidade

Guo Shengkun, diretor do Comitê dos Assuntos Políticos e Jurídicos do Comitê Central do PCCh

O combate ao crime organizado deve ser intensificado na China, de acordo com um pedido feito por um alto funcionário do governo, que enfatizou a necessidade de avançar na luta contra a criminalidade em todo o país. A solicitação foi feita em um seminário nacional presidido por Guo Shengkun, membro do Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh) e diretor do Comitê dos Assuntos Políticos e Jurídicos do Comitê Central do PCCh.

Na reunião, Guo destacou que a luta deve ter foco em áreas, setores e locais onde houve poucos resultados e combater de forma enérgica àqueles que oferecem cobertura a organizações criminosas, afirmando ser necessário mobilizar toda a população. Também foi lido um relatório de progressos realizados por um grupo especial na província de Hebei e Guo elogiou a força-tarefa enquanto pediu medidas de acompanhamento para resolver os problemas e fortificar a supervisão.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.