China investirá em cibersegurança em meio a riscos crescentes, aponta relatório

País deve injetar US$ 9,78 bilhões na área em 2021

O investimento da China em cibersegurança deve crescer rapidamente nos próximos cinco anos, à medida que o país enfrenta riscos cada vez mais acentuados, de acordo com um relatório do setor divulgado pela consultoria global de pesquisa de mercado International Data Corporation (IDC).

O investimento no mercado de cibersegurança da China deve atingir US$ 9,78 bilhões em 2021, e expandir ainda mais para US$ 18,79 bilhões em 2025, informou a IDC. Cerca de 47,8% dos gastos do país com segurança cibernética irão para o setor de hardware, enquanto o setor de software terá um forte crescimento no período 2021-2025, de acordo com o relatório.

O relatório atribuiu o alto crescimento dos gastos às ameaças cada vez mais graves à segurança cibernética que o país enfrenta.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.