China investe em vacina de mRNA contra Covid-19

Tecnologia é usada nos imunizantes da Pfizer, Moderna e BioNTech

A China começou a construção de uma fábrica para produzir sua primeira vacina usando o RNA mensageiro (mRNA), mesma técnica utilizada pela Pfizer, Moderna e BioNTech. A obra deve ficar pronta em oito meses. 

O imunizante ARCoV ou ARCoVax, desenvolvido pela Academia de Ciências Militares, Walvax Biotechnology e a Suzhou Abogen Biosciences, ainda está no início dos testes clínicos. Em outubro, a vacina entrou na Fase 1b. A tecnologia do mRNA fornece instruções para células humanas fazerem proteínas que imitam parte do novo coronavírus.

Outros cinco imunizantes chineses estão no terceiro e último estágio dos ensaios. Destes, três já foram aplicados em parte da população em caráter emergencial. A diferença técnica é que essas vacinas usam o vírus morto ou inativado para imunizar as pessoas.

A instalação terá capacidade inicial para fabricar 120 milhões de doses por ano.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.