China intensifica apoio a desempregados em meio ao surto de coronavírus

País alocou US$ 131,58 milhões em seguro desemprego para 2,3 milhões de pessoas

O Ministério dos Recursos Humanos e da Seguridade Social da China anunciou uma série de medidas adotadas para fornecer apoio aos desempregados e amortecer o impacto do surto do novo coronavírus.

“Até o final de março, o país alocou 9,3 bilhões de yuans (US$ 131,58 milhões) em seguro desemprego para 2,3 milhões de pessoas”, informou Gui Zhen, funcionário do ministério. A cobertura dos benefícios foi aumentada e os processos para obtê-los foram simplificados.

A China também emitiu uma diretriz para subsidiar os desempregados inelegíveis para o seguro desemprego, ou cujo benefício havia expirado. De acordo com Gui, os subsídios foram estendidos de regiões severamente afetadas pelo surto para o resto do país e cobrem todos os desempregados segurados.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.