China inicia construção de novo telescópio para detectar lixo espacial

Projeto deverá ser finalizado até 2023 e evitará colisões de naves

Um conjunto de telescópios de pesquisa, que será usado para detectar detritos espaciais, começou a ser construído na Província de Qinghai, noroeste da China.

O conjunto de aplicações múltiplas, chamado de MASTA, está sendo desenvolvido pelo Observatório da Montanha Roxa da Academia Chinesa de Ciências. Com conclusão prevista para 2023, o espectro do telescópio deve preencher a lacuna da China nesse tipo de tecnologia.

“O MASTA poderá detectar pequenos detritos espaciais e determinar sua órbita e padrão regular de operação, fornecendo alertas precoces e tornando possível evitar colisões com lixo espacial que ameace a segurança de naves em órbita”, disse Lei Chengming, pesquisador do Observatório da Montanha Roxa.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.