China impõe mais tarifas ao vinho australiano

Relação entre os países está abalada desde 2018

A China anunciou novas taxas sobre os vinhos australianos nesta quinta-feira. A bebida foi fortemente tributada em novembro, em resposta à prática de dumping, quando um produto é vendido no mercado externo com preço abaixo do normal para prejudicar a concorrência.

As alíquotas, que variam de 6,3% a 6,4%, serão aplicadas a partir desta sexta-feira e são consequência de uma investigação iniciada em agosto, segundo o Ministério do Comércio chinês. Elas serão adicionadas às taxas antidumping, de 107,1% a 212,1%.

A relação entre as duas nações está estremecida desde 2018, quando a Austrália impediu que a chinesa Huawei fornecesse a rede 5G ao país, alegando segurança nacional. Em abril deste ano, Camberra pediu uma investigação internacional independente para estudar a origem do novo coronavírus. Pequim acredita que o pedido foi motivado por razões políticas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.