China ganha destaque na exportação de fones bluetooth

Crescimento aconteceu após chinesa QCY entrar no Brasil

Fones de ouvido sem fio vão ultrapassar a marca de 200 milhões de unidades exportadas em 2020. Quem ganhou destaque após o primeiro trimestre do ano foi a chinesa QCY, que alcançou a quarta posição na lista de maiores vendedores.

Nos três primeiros meses de 2020, a exportação de dispositivos de áudio bateu 96,2 milhões de unidades, incluindo alto-falantes e fones. Por conta da pandemia, a venda dos alto-falantes desacelerou 1,9% nos próximos meses, enquanto a dos dispositivos de áudio pessoal aumentou 19,4%.

A estadunidense Apple manteve a primeira posição durante o ano e a China emplacou a QCY, que se destacou como a maior do segmento de baixo custo. 

A empresa ficou em evidência após um ano de operação no Brasil. “A QCY – BRASIL® é a grande responsável pelo aumento de mais de 200% das exportações da marca, por esse motivo todo nosso time brasileiro foi até a Ásia e apresentou o que estamos fazendo por aqui, e claro, comemorar os resultados com todo time mundial”, disse Eduardo Dongguan, CEO da companhia no Brasil.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.