China fortalecerá prevenção de reincidência e casos importados de coronavírus

Reunião liderada por primeiro-ministro chinês enfatizou que gravidade do quadro epidêmico não deve ser subestimada

Bombeiros começam processo de desinfecção abrangente em estações ferroviárias em Hubei.

Uma reunião liderada pelo primeiro-ministro Li Keqiang realizada no final da última semana enfatizou medidas voltadas tanto em casos importados como em uma possível reincidência da epidemia no país. Ao fim do encontro, foi exigido melhorias nas medidas e mecanismos de resposta emergencial e prevenção e controle rotineiros.

O grupo pediu uma análise e julgamento científico e abrangente sobre o desenvolvimento das situações epidêmicas nacionais e internacionais, enfatizando que a complexidade e a gravidade do quadro epidêmico devem ser totalmente reconhecidas e não devem ser subestimadas.

Notando o rápido crescimento da epidemia no exterior, a reunião demandou uma gestão mais rigorosa das pessoas que entram no país e esforços contínuos para impedir a importação e exportação do vírus nos aeroportos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.