China fornecerá US$ 7,5 milhões em assistência humanitária ao Afeganistão

Terremoto causou pelo menos 1,5 mil mortes no país

Créditos: Saifurahman Safi/Xinhua

Após o desastre do terremoto no Afeganistão, o governo chinês decidiu fornecer 50 milhões de yuans (US$ 7,46 milhões) em assistência humanitária de emergência ao país, disse um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, no sábado.

Wang Wenbin fez as observações em resposta a uma pergunta sobre o progresso da assistência humanitária de emergência da China ao Afeganistão.

O terremoto que atingiu o Afeganistão na quarta-feira é o mais grave a atingir o país em mais de 20 anos. O desastre deixou pelo menos 1,5 mil mortes e mais de 2 mil feridos, e destruiu mais de 3 mil casas, disse Wang. O número de vítimas continua a aumentar.

A ajuda fornecida pela China incluirá barracas, toalhas, camas dobráveis e outros materiais urgentemente necessários para o povo afegão, disse ele. O primeiro lote de ajuda está programado para ser enviado por voo fretado em 27 de junho.

Na próxima etapa, a China coordenará estreitamente com o governo interino afegão para garantir que suprimentos de socorro sejam entregues aos necessitados o mais rápido possível e ajudar o povo afegão a superar suas dificuldades atuais, disse Wang.

“Acreditamos firmemente que, com os esforços conjuntos do governo interino afegão e de pessoas de todas as esferas da vida, e com a ajuda da comunidade internacional, as pessoas nas áreas afetadas serão capazes de superar esse golpe o mais rápido possível, acelerar a reconstrução de suas casas e retomar a produção e a vida normal”, acrescentou.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.