China fornece US$2 bilhões em subsídios a pessoas carentes

Pela primeira vez, órfãos e crianças desacompanhadas foram incluídos no regime de subsídios

O Ministério dos Assuntos Civis da China anunciou que, até o final de junho, o país havia destinado 14,62 bilhões de yuans (US$2,09 bilhões) em subsídios de preços para apoiar cidadãos carentes.

De acordo com Jia Weizhou, porta-voz do ministério, no primeiro semestre deste ano “um total de 3,396 milhões de chineses foram identificados como pessoas vivendo com subsídios de subsistência ou em extrema dificuldade, e se beneficiaram do regime de subsídios”.

“De março a junho, os padrões de subsídio foram elevados, e os órfãos e crianças desacompanhadas foram incluídos no regime de subsídios pela primeira vez”, disse Jia.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.