China faz primeira inspeção 5G de linhas elétricas

Tal método pode fazer com que, no futuro, trabalhadores não precisem realizar tarefas perigosas

A primeira inspeção da China das linhas de energia elétrica com o uso de drones e redes sem fio 5G foi realizada no município de Tianjin nesta semana. Essa forma de inspeção pode, no futuro, fazer com que os trabalhadores não precisem realizar tarefas perigosas.

Um drone equipado com uma câmera de alta definição e um terminal 5G realizou a inspeção, voando 6 km na Nova Área de Binhai. Ele transmitiu vídeos instantâneos das linhas elétricas para engenheiros, que verificaram sinais de falhas. A State Grid Tianjin Electric Power Company, responsável pela inspeção, disse que um robô terrestre também foi mobilizado para examinar uma subestação elétrica próxima às linhas elétricas.

“As inspeções tradicionais exigem que uma equipe de manutenção escale torres e inspecione cuidadosamente as linhas pessoalmente, o que é um trabalho muito laborioso”, disse Zhang Zhipeng, engenheiro sênior da State Grid em Tianjin. Ele afirmou que os drones já tinham sido implementados, mas que o ambiente 4G não suportava transmissão de vídeos HD, que são necessários para que mesmo os defeitos mínimos sejam identificados.

“A latência ultrabaixa da rede 5G também garante alta precisão da inspeção e evita que o robô entre em áreas perigosas por engano”, afirmou o engenheiro. A rede 5G, que promete velocidade muito mais alta e latência mais baixa que a 4G, deve criar a base para novas gerações de tecnologias, incluindo a Internet das Coisas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.