China exige que EUA esclareça atividades biomilitares

Porta-voz do Ministério da Defesa Nacional chamou os Estados Unidos de “verdadeiros criadores de biocrises”

Créditos: Reprodução/mod.gov.cn

Tan Kefei, porta-voz do Ministério da Defesa Nacional da China, chamou os Estados Unidos de “verdadeiros criadores de biocrises” e exigiu que o país esclareça suas atividades biomilitares, na quinta-feira.

Tan apontou que as atividades recentemente descobertas conduzidas pelos Estados Unidos em violação da Convenção sobre Armas Biológicas (BWC) se tornaram uma fonte de preocupação para os membros da comunidade internacional, incluindo a China.

“O lado chinês acredita que esta é uma grande questão de segurança, que o lado norte-americano deve esclarecer”, disse Tan, referindo-se a evidências sólidas do exército dos EUA usando armas bacteriológicas na Península Coreana, incluindo a área da República Popular Democrática da Coreia que faz fronteira com a China, na década de 1950, um fato que os historiadores americanos admitiram em público. Ele também citou o uso de Agente Laranja pelo exército dos EUA durante a Guerra do Vietnã, causando danos irreversíveis às pessoas e ao meio ambiente.

“Há um número crescente de questões realistas que não podem ser evitadas”, disse o porta-voz, enfatizando que os Estados Unidos revelaram que possuem 336 laboratórios biológicos em 30 países.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.


  • Carlos Gómez disse:

    Gran oarte de la humanidad sabe que EEUU no es amigo del clima ni de los países que quieren ser independientes. Están creando guerra solo para cubrir que están quebrados y el dólar no vale nada. Sencillo