China está desenvolvendo medicamento para COVID-19 baseado em anticorpos

“Poderíamos conter a pandemia mesmo sem uma vacina”, explica pesquisador

A Universidade de Pequim está desenvolvendo um medicamento baseado em anticorpos capaz de acelerar a cura de pacientes diagnosticados com coronavírus, além de imunizar temporariamente pessoas que não tiveram contato com o vírus.

O tratamento está em fase de testes, funcionou em experimentos com camundongos e pode ficar pronto antes do final de 2020.

“O que esperamos é que esses anticorpos se tornem um medicamento especial para interromper a pandemia”, explicou o diretor do Centro de Inovação Avançada em Genômica de Beida, Sunney Xie, em uma entrevista à agência de notícias AFP.

O tratamentos baseados em anticorpos já foi aplicado no combate a outros vírus, como HIV, ebola e Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.