China enviará 251 atletas às Paraolimpíadas de Tóquio 2020

País asiático competirá em 20 dos 22 esportes do evento

A China enviará um grupo de 251 atletas para competir nos Jogos Paraolímpicos de Tóquio, a Federação de Portadores de Deficiência anunciou a terça-feira.

O grupo de atletas paraolímpicos chineses, composto por 132 mulheres e 119 homens, competirão em 20 dos 22 esportes no programa dos jogos, incluindo os de estreia: taekwondo e badminton, o que constitui o maior número de esportes que a China participa em jogos no exterior.

“Nosso objetivo é competir com segurança, demonstrar um bom espírito, nos esforçar pelo sucesso e promover a amizade”, disse Zhang Haidi, chefe da missão chinesa e presidente da Federação de Portadores de Deficiência, em uma cerimônia realizada em Pequim para marcar a partida da missão chinesa para Tóquio.

Os atletas vieram de várias ocupações, como trabalhadores, agricultores, estudantes, funcionários públicos e empresários. A idade média é de 27,5 anos, com a nadadora Jiang Yuyan, de 16 anos, sendo a mais jovem, e jogador de tênis de mesa Zhao Ping, de 56 anos, o mais velho.

Todos os membros da delegação chinesa foram vacinados contra a Covid-19, de acordo com a Federação Chinesa de Portadores de Deficiência. Cerca de 4,4 mil atletas de cerca de 160 países e regiões participarão das Paraolimpíadas de Tóquio 2020, que serão abertas em 24 de agosto e encerradas em 5 de setembro.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.