China emite plano de ação para impulsionar inovação empresarial

Projeto foi criado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e pelo Ministério das Finanças

Créditos: Xinhua/Guo Xulei

As autoridades chinesas lançaram, na segunda-feira, um plano de ação para estimular a capacidade de inovação tecnológica das empresas.

Emitido em conjunto pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e pelo Ministério das Finanças, o plano de ação 2022-2023 especifica medidas de apoio em 10 áreas, incluindo o estabelecimento de um mecanismo para que as empresas participem regularmente da tomada de decisões do país em relação à inovação científica e tecnológica.

O documento promete implementar incentivos fiscais para apoiar empresas em pesquisas básicas de fronteira e também pede apoio financeiro, como capital de risco, para inovação empresarial e maior acesso empresarial a recursos científicos e tecnológicos e cenários de aplicações.

Para facilitar a cooperação internacional, o documento destaca o apoio às empresas na construção de centros de inovação científica e tecnológica no exterior e centros offshore de inovação e empreendedorismo.

Instituições de pesquisa e desenvolvimento financiadas com financiamento estrangeiro são encorajadas a participar de projetos científicos e tecnológicos governamentais, de acordo com o plano de ação.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.