China eleva proteção dos direitos de propriedade intelectual para Jogos Olímpicos de Inverno

Plano de ação protegerá patentes de design e marcas registradas

A China fortaleceu a proteção dos direitos de propriedade intelectual (DPI) para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Inverno de Pequim 2022.

Zhang Zhicheng, chefe do departamento de proteção da Administração Nacional de Propriedade Intelectual da China, disse em uma coletiva de imprensa que um plano de ação foi iniciado em todo o país, para proteger patentes de design e marcas registradas.

Segundo ele, o plano ajudará a melhorar a popularização da proteção e conscientização sobre DPI entre o público e se concentra na proteção de áreas-chave, como bases de produção de commodities, centros de distribuição logística e sedes de plataformas de comércio eletrônico, além de promover o compartilhamento de informações entre as autoridades relacionadas.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.