China divulga medidas para impulsionar emprego e consumo

Reunião do Conselho de Estado foi presidida pelo primeiro-ministro, Li Keqiang

Créditos: Xinhua/Zhang Long

Uma reunião executiva do Conselho de Estado presidida pelo primeiro-ministro Li Keqiang, na quarta-feira, detalhou medidas para estabilizar e expandir o emprego.

Pedindo esforços multifacetados para promover o consumo, a reunião especificou medidas para reforçar o consumo de eletrodomésticos verdes e inteligentes.

A situação do emprego no país melhorou em junho em comparação com a dos dois meses anteriores, graças a várias medidas para manter o emprego estável, mas ainda é necessário muito trabalho na área, segundo a reunião.

Aderindo a uma política de emprego em primeiro lugar, o país deve estabilizar o emprego por meio da salvaguarda das entidades do mercado e as medidas de alívio devem ser realizadas de forma contínua, segundo a reunião.

Enquanto cria mais empregos de forma orientada para o mercado, o país precisa impulsionar o emprego por meio apoio para start-ups com assistência fiscal e de corte de taxas, de acordo com a reunião.

Para garantir o emprego estável de grupos-chave, como graduados universitários e trabalhadores migrantes, o país acelerará a retomada do recrutamento presencial e realizará programas de oferecer emprego em substituição de assistência.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.