China diminuiu fontes de poluição nos últimos dez anos

Entre 2007 e 2017, produção do país aumentou, enquanto emissões de poluentes registrou queda significativa

Em meio aos esforços antipoluição e à busca de um crescimento verde, a China registrou uma melhora significativa em seu ambiente ecológico.

Segundo Zhao Yingmin, vice-ministro de Ecologia e Meio Ambiente, “de 2007 a 2017, a produção do país aumentou, enquanto as emissões de poluentes diminuíram notavelmente, mostrando uma maior qualidade econômica”.

As emissões gerais de dióxido de enxofre e óxidos de nitrogênio e a demanda por oxigênio químico em 2017 caíram 72%, 34% e 46%, respectivamente, em comparação com as leituras de 2007.

Durante o período, entre os principais setores intensivos em poluição, o de fabricação de papel apresentou uma queda de 84% em sua demanda de oxigênio químico, enquanto as indústrias de ferro e aço e cimento registraram uma redução de 54% nas emissões de dióxido de enxofre e um declínio de 23% nas emissões de óxidos de nitrogênio.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.