China deverá ser maior destino turístico do mundo até 2030

Segundo a Euromonitor International, o país atrairá mais visitantes que a França, atual líder mundial

A China deve superar a França e se tornar o destino turístico mais popular do mundo até o ano de 2030, segundo a consultoria inglesa Euromonitor International. Em relatório, a consultoria afirma que “os destinos como a China tendem a ter um bom desempenho em turismo receptivo. A China vai superar a França e será o principal destino mundial até 2030”.

Neste ano, 1,4 bilhão de viagens deverão ser feitas ao país, o que representa um aumento anual de 5%, sendo que uma grande parte desse crescimento se deve à região da Ásia-Pacífico, que teve uma alta de 10% em 2018. Nos próximos 12 anos, o número de viagens internacionais deverá atingir 2,4 bilhões, e a região da Ásia-Pacífico continuará sendo a origem da maior parte desses novos turistas, segundo o relatório.

Com um grande crescimento econômico e rendas mais altas nos países asiáticos, as viagens para a China acabam sendo incentivadas. Entre os maiores atrativos do país nos próximos anos, estão as menores restrições de vistos e os eventos esportivos como os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022.

O turismo é um dos importantes pilares da economia da China, sendo que, segundo Woulter Geerts, analista sênior da Euromonitor, “muito investimento tem sido feito para melhorar a infraestrutura e padrões, além das políticas e iniciativas favoráveis ao turismo”. Atualmente, a China é o quarto país mais visitado do mundo, atrás da França, Estados Unidos e Espanha, de acordo com a Organização Mundial do Turismo.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.