China destina US$ 16,2 bilhões ao combate à pobreza

A medida que o prazo final de erradicar a pobreza absoluta em 2020 se aproxima, o país tem focado seus esforços em pessoas profundamente afetadas, que vivem em regiões adversas

O governo central da China já distribuiu aos governos locais parte dos fundos de 2020 destinado para o alívio da pobreza, pelo que informou o Ministério das Finanças. O fundo destinado a esse propósito para 2020 e atribuído a 28 regiões de nível provincial totalizou 113,6 bilhões de yuans (aproximadamente US$ 16,2 bilhões), o que representa 90% do total registrado em 2019.

Cerca de 14,4 bilhões de yuans serão destinados a apoiar as áreas afetadas profundamente pelada pobreza, incluindo Tibete, Xinjiang e partes das províncias de Sichuan, Yunnan e Gansu. O ministério disse que o poder de revisar e aprovar o uso dos fundos deve ser delegado aos governos distritais e que essas verbas não devem ser usadas para projetos ou tarefas que não tenham relação com a redução da miséria.

Os planos da China são de erradicar a pobreza absoluta do país até 2020. À medida que o prazo final se aproxima, o país vem focando seus esforços nas pessoas mais pobres, que vivem principalmente em montanhas remotas com ambientes naturais adversos e infraestrutura atrasada, ou que têm necessidades especiais.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.