China desenvolve nanorrobô de DNA para tratamento de tumores

Terapia promissora com nanopartículas biodegradáveis faz com que tumor “morra de fome”

A Academia Chinesa de Ciências (CAS) divulgou uma nova pesquisa de desenvolvimento de nanopartículas biodegradáveis voltadas para tumores. Trata-se de um nanorrobô de DNA capaz de enviar trombinas para a vasculatura tumoral e consequentemente deixar o tumor “morrer de fome”.

O estudo, publicado pela revista Nature Biomedical Engineering, mostra que o uso dessa nanopartícula representou uma estratégia promissora para melhorar o índice terapêutico da terapia tumoral baseada em coagulação.

“Há muito tempo tem sido um desafio encontrar uma terapia segura e eficaz para trombose vascular. Drogas que induzem trombose na vasculatura tumoral não resultaram na erradicação de tumores em longo prazo”, afirma a equipe de pesquisa da CAS.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.