China cortou US$ 15,84 bilhões em impostos e taxas em 2020

Política tem como objetivo ajudar no alívio da pobreza

A redução de impostos e taxas na China para aliviar a pobreza passou de 102,2 bilhões de yuans (US$ 15,84 bilhões) no ano passado, segundo informações da Administração Geral de Impostos. Em 2019, o valor foi de 74,2 bilhões de yuans, com crescimento médio anual superior a 30% desde 2015.

A receita de vendas de mais de 4.500 empresas que comercializam produtos de alívio da pobreza cresceu 32,9% em 2020, de acordo com a pasta. O aumento superou o de 2019 em 19,4%.

A China começou uma intensa luta contra a miséria em 2012. Oito anos depois, o país tirou toda a população carente rural e todos os distritos da pobreza extrema.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.