China construirá uma constelação de satélites para observação de desastre natural

Primeiro satélite será lançado ao espaço em junho de 2022

A China iniciou um projeto de construção de uma constelação de 36 satélites de órbita baixa para coletar informações para a previsão de desastres naturais e monitoramento de emergências urbanas.

O projeto, realizado pela Tianjin Satcom Geohe Technologies, foi inaugurado na terça-feira no Centro de Lançamento de Naves Espaciais de Wenchang, na Província de Hainan, no sul da China.

Guo Jianqiang, diretor da empresa responsável, disse que o primeiro satélite será lançado e comissionado ao espaço em junho de 2022. Todos os 36 satélites serão lançados até o final de maio de 2023 para completar a constelação.

A rede de satélites fornecerá imagens de alta resolução para ajudar os observadores a identificar deformações geológicas de nível milimétrico, a fim de avaliar as possibilidades de desastres geológicos, como deslizamentos de terra, afundamento e colapso, disse Guo, também funcionário do China Geological Survey.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.