China busca promover hip-hop em escolas de áreas carentes

O objetivo do programa de bem-estar público é ajudar no preparo físico e na autoconfiança dos estudantes

A China lançou um programa de bem-estar público para promover o hip-hop em escolas de áreas carentes, na esperança de, com isso, melhorar o preparo físico e aumentar a autoconfiança dos jovens alunos. O programa foi patrocinado conjuntamente pelo Comitê Central da Liga da Juventude Comunista e pela Associação Chinesa de Dançarinos e além de ensinar hip-hop, ele fornecerá conselho curricular e angariará doações para os estudantes.

“O hip-hop incorpora um espírito de perseverança e pode ajudar as crianças a se inspirarem em busca dos seus sonhos”, afirmou Xia Rui, secretário-geral do comitê de dança de rua da Associação. Ele ainda acrescentou que o hip-hop é uma atividade divertida para os jovens e pode proporcionar animação e inspiração para as crianças em áreas remotas.

Em 2018, o programa de aulas de hip-hop de bem-estar público cobriu 617 escolas em 164 cidades de 26 regiões provinciais, beneficiando quase 150 mil adolescentes. Este ano, ele deve atingir 2 mil escolas nas áreas menos desenvolvidas em 300 cidades e 30 províncias, contando com a participação de quase 400 mil jovens.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.