China avança no combate a literatura pornográfica online

Até o mês de julho foram tratados 10 casos criminais, 67 casos administrativos e mais de 70 retificações de sites que cometeram infrações do tipo em 2019

As autoridades chinesas trataram, até o final do mês de julho, de 10 casos criminais, 67 casos administrativos e exigiram que mais de 70 sites retificassem infrações em campanhas contra conteúdos de literatura online vulgar e pornográfica, de acordo com informações do Escritório Nacional Contra Pornografia e Publicações Ilegais.

O órgão afirmou que 347 indícios investigativos relacionados à pornografia foram transferidos para autoridades envolvidas no combate, além de ter revelado oito casos simbólicos nas suas campanhas especiais de combate.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.