China aumenta repressão contra crimes envolvendo ocupação ilegal de terras agrícolas

Ministério da Segurança Pública pediu que penalidades severas sejam aplicadas para os casos

Créditos: Zhang Tao/Xinhua

O Ministério da Segurança Pública da China exigiu que a polícia de todo o país ataque com força os crimes que envolvem a ocupação ilegal de terras agrícolas e a produção e venda de materiais agrícolas falsos ou de qualidade inferior em meio aos esforços para salvaguardar a segurança alimentar nacional.

Penalidades severas devem ser aplicadas de acordo com a lei a suspeitos que se engajem no uso ilegal de terras agrícolas para fins não agrícolas, como coleta de solo, empilhamento de resíduos sólidos ou construção não agrícola, indicou o ministério em um comunicado, nesta quinta-feira.

A pasta também pediu à polícia que não mostre clemência em casos envolvendo crimes relacionados a gangues e investigue minuciosamente e acelere os casos envolvendo a produção e venda de sementes, fertilizantes ou outros materiais agrícolas falsos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.