China aumenta investimento em educação pré-escolar

O país deverá fornecer mais jardins de infância de preço acessível para as crianças e formar mais professores especializados em educação pré-escolar até 2020

O governo chinês tem planos de matricular 85% das crianças pré-escolares do país (com idades entre três e seis anos) até 2020 em jardins de infância certificados. A ideia é que 80% delas deverão estudar em instituições pré-escolares de preço acessível (públicas ou privadas), de acordo com um documento emitido conjuntamente pelo Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh) e pelo Conselho de Estado.

O investimento da China em educação pré-escolar também pode ser observado em outros planos de ação. Um exemplo disso está nos planos do país de formar anualmente, até 2020, mais de 200 mil estudantes universitários em educação pré-escolar e treinar 1,5 milhão de diretores e professores nessa área. Até 2035, a educação pré-escolar, com três anos de duração, deverá estar disponível para todas as crianças com idade apropriada.

Segundo o documento divulgado, o investimento nessa área da educação, especialmente nas regiões rurais mais atingidas pela pobreza, buscará fazer com que os professores tenham melhor formação e que os jardins de infância sejam supervisionados com mais eficiência. Governos de todos os níveis estão sendo encorajados a estabelecer mais jardins de infância público. Cada município deve ter ao menos um jardim de infância público, com filiais nos maiores vilarejos.

Comunidades, vilarejos, empresas estatais e instituições públicas como universidades também estão sendo incentivadas a estabelecer os seus próprios jardins de infância. As crianças de famílias com dificuldades financeiras, além das crianças órfãs ou portadoras de deficiência, irão receber apoio financeiro para assegurar a sua educação pré-escolar. Os jardins de infância privados, por sua vez, serão divididos em duas categorias: os lucrativos e os sem fins lucrativos.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.