China aprova testes para vacina inalada da CanSino

Ainda não há dados sobre segurança e eficácia do imunizante contra Covid-19

A Administração Nacional de Produtos Médicos (NMPA) da China aprovou a realização de testes clínicos para uma vacina inalada contra Covid-19, informou a Agence France-Presse na última semana.

A chinesa CanSino Biologics, que desenvolve o imunizante em conjunto com o Instituto de Biotecnologia de Pequim, emitiu um comunicado à Bolsa de Hong Kong afirmando que os ensaios foram aprovados.

A segurança e a eficácia da vacina inalada continuam “sujeitas à confirmação”, segundo a farmacêutica.

No mês passado, a NMPA aprovou condicionalmente uma vacina recombinante contra Covid-19 feita pela CanSino. É o primeiro imunizante vetorial adenoviral aprovado para a doença.

Até a última quarta-feira, mais de 85,85 milhões de doses de vacinas foram aplicadas em toda a China, de acordo com a Comissão Nacional de Saúde.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.