China apoia proposta de Putin de realizar reunião sobre questão nuclear iraniana

Porta-voz chinês reforça que país “se dedica a salvaguardar a paz e a estabilidade no Oriente Médio”

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, propôs na última sexta-feira a realização de uma reunião online urgente entre os membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU para discutir a situação do Irã e do Golfo Pérsico.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, saudou a proposta do líder russo.

“A China se dedica a salvaguardar a paz e a estabilidade no Oriente Médio”, disse Zhao. Ele assinalou que o país asiático aprecia os esforços da Rússia para amenizar as tensões relativas à questão nuclear iraniana e para fortalecer a segurança regional.

“A China está disposta a trabalhar com as partes relevantes para manter uma estreita comunicação e coordenação, e promover conjuntamente o processo de resolução política da questão nuclear iraniana”, afirmou o porta-voz.

Comentários

Todos os campos abaixo são obrigatórios. Seu e-mail não será publicado.